Sábado da II Semana da Quaresma

Hora Média
Oração das Doze Horas (Hora Sexta)

introdução
ouvir:

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R.
Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino

Na mesma hora em que Jesus, o Cristo,
sofreu a sede, sobre a cruz pregado,
conceda a sede de justiça e graça
a quem celebra o seu louvor sagrado.

Ao mesmo tempo ele nos seja a fome
e o Pão divino que a Si mesmo dá;
seja o pecado para nós fastio,
só no bem possa o nosso gozo estar.

A unção viva do divino Espírito
impregne a mente dos que cantam salmos;
toda frieza do seu peito afaste,
no coração ponha desejos calmos,

Ao Pai e ao Cristo suplicamos graça,
com seu Espírito, eterno Bem;
Trindade Santa, protegei o orante,
guardai o povo em caridade. Amém.

Salmodia
-- salmodia complementar --

Ant. Por minha vida, diz o Senhor,
não quero a morte do pecador,
mas que ele volte e tenha vida.

Salmo 118(119),81-88
XI (Caph)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Sua misericórdia se estende de geração em geração, a todos os que o respeitam (Lc 1,50).

81 Desfaleço pela vossa salvação, *
vossa palavra é minha única esperança!
82 Os meus olhos se gastaram desejando-a; *
até quando esperarei vosso consolo?

83 Fiquei tostado como um odre no fumeiro, *
mesmo assim não esqueci vossos preceitos.
84 Quantos dias restarão ao vosso servo? *
E quando julgareis meus opressores?

85 Os soberbos já cavaram minha cova; *
eles não agem respeitando a vossa lei.
86 Todos os vossos mandamentos são verdade; *
quando a calúnia me persegue, socorrei-me!

87 Eles quase me arrancaram desta terra, *
mesmo assim eu não deixei vossos preceitos!
88 Segundo o vosso amor, vivificai-me, *
e guardarei vossa Aliança, ó Senhor!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Salmo 60(61)

Oração do exilado

Oração do justo que espera a vida eterna (Sto. Hilário).

2 Escutai, ó Senhor Deus, minha oração, *
atendei à minha prece, ao meu clamor!
3 Dos confins do universo a vós eu clamo, *
e em mim o coração já desfalece.

– Conduzi-me às alturas do rochedo, *
e deixai-me descansar nesse lugar!
4 Porque sois o meu refúgio e fortaleza, *
torre forte na presença do inimigo.

5 Quem me dera morar sempre em vossa casa *
e abrigar-me à proteção de vossas asas!
6 Pois ouvistes, ó Senhor, minhas promessas, *
e me fizestes tomar parte em vossa herança.

7 Acrescentai ao nosso rei dias aos dias, *
e seus anos durem muitas gerações!
8 Reine sempre na presença do Senhor, *
vossa verdade e vossa graça o conservem!

9 Então sempre cantarei o vosso nome *
e cumprirei minhas promessas dia a dia.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Salmo 63(64)

Pedido de ajuda contra os perseguidores

Este salmo se aplica de modo especial à Paixão do Senhor (Sto. Agostinho).

2 Ó Deus, ouvi a minha voz, o meu lamento! *
Salvai-me a vida do inimigo aterrador!
3 Protegei-me das intrigas dos perversos *
e do tumulto dos obreiros da maldade!

4 Eles afiam suas línguas como espadas, *
lançam palavras venenosas como flechas,
5 para ferir os inocentes às ocultas*
e atingi-los de repente, sem temor.

6 Uns aos outros se encorajam para o mal *
e combinam às ocultas, traiçoeiros,
– onde pôr as armadilhas preparadas, *
comentando entre si: 'Quem nos verá?'

7 Eles tramam e disfarçam os seus crimes. *
É um abismo o coração de cada homem!
8 Deus, porém, os ferirá com suas flechas, *
e cairão todos feridos, de repente.

9 Sua língua os levará à perdição, *
e quem os vir meneará sua cabeça;
10 com temor proclamará a ação de Deus, *
e tirará uma lição de sua obra.

=11 O homem justo há de alegrar-se no Senhor †
e junto dele encontrará o seu refúgio,*
e os de reto coração triunfarão.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Por minha vida, diz o Senhor,
não quero a morte do pecador,
mas que ele volte e tenha vida.

Leitura breve             Is 44,21-22

Lembra-te de que tu és meu servo; eu te criei, és meu servo, Israel, não me decepciones. Desmanchei como uma nuvem teus pecados, como a névoa desfiz tuas culpas; volta para mim, porque te resgatei!

V. Desviai o vosso olhar dos meus pecados.
R. E apagai todas as minhas transgressões!

Oração

Ó Deus, que pelos exercícios da Quaresma já nos dais na terra participar dos bens do céu, guiai-nos de tal modo nesta vida, que possamos chegar à luz em que habitais. Por Cristo, nosso Senhor.

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.