Hora Média
Oração das Quinze Horas (Hora Nona)

introdução
ouvir:

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino

O número sagrado,
três vezes três das horas,
abrindo um novo espaço,
nos chama à prece, agora.
Ao nome de Jesus,
perdão seu povo implora.

O Cristo ouviu a prece
sincera do ladrão.
A graça foi-lhe dada,
por sua confissão.
Jesus ouvindo a súplica,
também nos dê perdão.

Agora morre a morte,
vencida pela cruz;
após as trevas densas,
serena, volta a luz;
o horror do mal se quebra,
na mentes Deus reluz.

A Cristo nós rogamos
e ao Pai, eterno Bem,
com seu Divino Espírito,
amor que os sustém,
proteja sua Igreja
agora e sempre. Amém.

Salmodia
-- salmodia complementar --

Ant. Sejamos firmes na provação:
Sua justiça é nossa força

Salmo 118(119),1-8
I (Aleph)

ouvir:
Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Isto é amar a Deus: observar os seus mandamentos (1Jo 5,3).

1 Feliz o homem sem pecado em seu caminho, *
que na lei do Senhor Deus vai progredindo!
2 Feliz o homem que observa seus preceitos, *
e de todo o coração procura a Deus!

3 Que não pratica a maldade em sua vida, *
mas vai andando nos caminhos do Senhor.
4 Os vossos mandamentos vós nos destes, *
para serem fielmente observados.

5 Oxalá seja bem firme a minha vida *
em cumprir vossa vontade e vossa lei!
6 Então não ficarei envergonhado *
ao repassar todos os vossos mandamentos.

7 Quero louvar-vos com sincero coração, *
pois aprendi as vossas justas decisões.
8 Quero guardar vossa vontade e vossa lei; *
Senhor, não me deixeis desamparado!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 
 

Salmo 12(13)

Lamentação do justo que confia em Deus

Que o Deus da esperança vos encha da alegria (Rm 15,13).

2 Até quando, ó Senhor, me esquecereis? *
Até quando escondereis a vossa face?

=3 Até quando estará triste a minha alma? †
e o coração angustiado cada dia? *
Até quando o inimigo se erguerá?

=4 Olhai, Senhor, meu Deus, e respondei-me! †
Não deixeis que se me apague a luz dos olhos *
e se fechem, pela morte, adormecidos!

=5 Que o inimigo não me diga: 'Eu triunfei!' †
Nem exulte o opressor por minha queda, *
6 uma vez que confiei no vosso amor!

– Meu coração, por vosso auxílio, rejubile, *
e que eu vos cante pelo bem que me fizestes!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Salmo 13(14)

A insensatez dos ímpios

Onde se multiplicou o pecado, aí superabundou a graça (Rm 5,20).

1 Diz o insensato em seu próprio coração: *
'Não há Deus! Deus não existe!'
– Corromperam-se em ações abomináveis. *
Já não há quem faça o bem!

2 O Senhor, ele se inclina lá dos céus *
sobre os filhos de Adão,

– para ver se resta um homem de bom senso *
que ainda busque a Deus.

3 Mas todos eles igualmente se perderam, *
corrompendo-se uns aos outros;

– não existe mais nenhum que faça o bem, *
não existe um sequer.

4 Será que não percebem os malvados *
quanto exploram o meu povo?

– Eles devoram o meu povo como pão, *
e não invocam o Senhor.

5 Mas um dia vão tremer de tanto medo,*
porque Deus está com o justo.
6 Podeis rir da esperança dos humildes, *
mas o Senhor é o seu refúgio!
7 Que venha, venha logo, de Sião *
a salvação de Israel!

– Quando o Senhor reconduzir do cativeiro *
os deportados de seu povo,
– que júbilo e que festa em Jacó, *
que alegria em Israel!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Sejamos firmes na provação:
Sua justiça é nossa força

Leitura breve             Is 58,1-2a

Grita forte, sem cessar, levanta a voz como trombeta e denuncia os crimes do meu povo e os pecados da casa de Jacó. Buscam-me cada dia e desejam conhecer meus propósitos, como gente que pratica a justiça e não abandonou a lei de Deus.

V. Meu sacrifício é minha alma penitente.
R. Não desprezeis um coração arrependido!

Oração

Deus eterno e todo-poderoso, que nesta hora enviastes aos Apóstolos vosso santo Paráclito, comunicai-nos também este Espírito de amor, para darmos de vós um testemunho fiel diante de todos. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.